RSS

Grandes mulheres do Egito antigo – Sobekneferu

13 out
Merytre Sat-sekhem-nebettawy Djed-et-kha Sobekkare Sobeknefru “Amada de Rá” ”Filha do deus gracioso” “De aparência estável” “Sobek é o espírito de Rá” “A beleza de Sobek”

Merytre Sat-sekhem-nebettawy Djed-et-kha Sobekkare Sobeknefru
“Amada de Rá” ”Filha do deus gracioso” “De aparência estável” “Sobek é o espírito de Rá” “A beleza de Sobek”

Um papiro descoberto nas ruínas da antiga capital egípcia de Tebas (atual Luxor) no século XIX corrobora com a existência de uma mulher que reinou no Egito muitos anos antes de Hatshepsut, a rainha faraó mais conhecida pelos estudiosos daquela civilização. Este papiro, conhecido como “Lista de Reis de Turim”, data da XIX dinastia egípcia (c. 1293 a 1185 a.C.) e coloca entre reis como  Menés, Djoser, Pepi II e Amenemhat III o nome da rainha Sobekneferu.

De acordo com a lista real, Sobekneferu teria reinado durante três anos, dez meses e 24 dias no final do século XIX a.C. Ela sucedeu o faraó Amenemhat IV que possivelmente era seu meio-irmão e esposo que morreu sem deixar herdeiros. Porém, como forma de legitimar-se no poder ela procurou associar-se ao seu pai, o poderoso Amenemhat III, que aumentou a riqueza do Egito anos antes através da exploração de pedreiras e minas na região do Sinai e construiu obras de drenagem e contenção das águas da cheia na região do Faiyum, próximo ao lago Moeris, onde fundou a cidade de Shedyet (para os gregos Crocodilópolis) principal centro de culto do deus crocodilo Sobek.

Sobekneferu teria sido a primeira a cultuar seu falecido pai como divindade naquela região, o que politicamente falando faria sentido, visto que a filha de um deus seria aceita sem grandes questionamentos no trono egípcio como faraó. Não existem registros até o momento que demonstrem que Sobekneferu foi apenas uma regente temporária, pelo contrário, os únicos títulos usados pela rainha, encontrados nas poucas inscrições sobre ela que chegaram aos nossos dias foram somente “filha do rei” e “rei”.

Já nas estátuas, a rainha era representada com uma mistura de atributos femininos e masculinos. Existem três bustos sem cabeça de Sobekneferu encontrados nas ruínas da cidade de Avaris sendo que o mais significativo é uma peça de sílex, que se encontra hoje exposta no Museu do Louvre, onde a rainha aparece trajando um vestido sobreposto por um saiote típico daqueles que eram utilizados pelos faraós. Sobre os ombros é possível ver o nemes, toucado usado pelos reis do Egito. O nome da soberana aparece envolto pelo cartucho que o protegia, de acordo com a tradição religiosa dos egípcios.

Busto de Sobekneferu exposto no Museu do Louvre: representação que mistura atributos masculinos e femininos.

Busto de Sobekneferu exposto no Museu do Louvre: representação que mistura atributos masculinos e femininos.

Parece uma tentativa dos artesãos daquela época em adaptar séculos de tradição onde os reis do Egito como forma de divulgar seu poder e associá-lo as divindades, independente de sua verdadeira forma física, eram representados sempre com os mesmos atributos idealizados (altos, magros, fortes, capazes de destroçar os inimigos e extremamente viris) a uma nova realidade onde o rei era agora uma mulher. E com esta idealização de sua imagem, Sobekneferu seria beneficiada para legitimar-se como rei.

Inscrições encontradas na fortaleza núbia de Kumma confirmam que Sobekneferu governou todo o Egito, porém o final de seu curto reinado é um período ainda obscuro na história egípcia. A tumba da rainha não foi encontrada até os dias de hoje e sua morte encerrou a próspera XII dinastia. Uma série de lutas desencadeada entre os pretendentes ao trono levou ao enfraquecimento político nas duas dinastias seguintes que culminou com a invasão do Baixo Egito pelos hicsos.

 

Referências Bibliográficas:

  • MELLA, Federico A. Arborio. O Egito dos faraós: história, civilização, cultura. São Paulo: Hemus, 1998.

  • TYLDESLEY, Joyce. Chronicle of the queens of Egypt. Londres: Thames & Hudson, 2006.

 

Anúncios
 

Tags: , , , , ,

Deixe aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: