RSS

Sapatos antigos encontrados escondidos em Templo egípcio

09 mar
Sapatos encontrados em templo egípcio

Sapatos encontrados em templo egípcio

Há mais de 2.000 anos, no templo de Luxor localizado no sul do Egito, um grupo de pessoas esconderam alguns dos bens mais valiosos que tinham – sapatos.

Sete sapatos foram encontrados, dentre eles dois pares utilizados por crianças, medindo 18 centímetros de comprimento. Os sapatos infantis foram amarrados a um sapato maior (destinado a um adulto) e foi colocado dentro de um pote. O outro par de adulto media 24 centímetros e foi colocado no mesmo local.

Os sapatos foram descobertos pela equipe de expedição arqueológica italiana em 2004. Com acesso as fotos da descoberta, o arqueólogo André deu Veldmeijer, especialista em calçados egípcios, publicou a análise do material.

O achado é extraordinário como os sapatos estavam em bom estado e ainda flexíveis após a descoberta“, escreve Veldmeijer na edição mais recente da Revista Memnonia.

A análise sugere que a fabricação dos sapatos é estrangeira, além de serem caros. O comum era os egípcios utilizarem sandálias. “Esses sapatos de estilo diferente e maior qualidade chamavam atenção e conferiam status”, disse Veldmeijer, diretor assistente de Egiptologia do Instituto Holandês-Flamengo, no Cairo em entrevista ao LiveScience.

Os sapatos eram feitos de couro, provavelmente bovino.  E apresentavam uma tira de couro chamada “rand”, que foi pensada para ser usada pela primeira vez na Europa medieval.  O “rand” é uma tira dobrada entre a sola do sapato e a parte superior, reforçando a costura, desse modo os sapatos eram mais resistentes à água.

Além, dessas características, os sapatos foram pensados para melhorar a saúde.  No sapato isolado encontrado dentro do frasco, observou-se uma “área semicircular saliente”, que poderia ser utilizado em caso da pessoa ter joanete. O sapato isolado também apresentou um menor desgaste que pode sugerir que o usuário era provavelmente manco.

No clima seco do antigo Egito, esses sapatos eram uma inovação surpreendente, e reforçam a tese que foram fabricados em algum lugar no exterior.

A data dos calçados de 2.000 anos é baseada estratigrafia do pote, ou formação de camadas de sedimentos na área. No futuro, estudos sobre a datação por carbono podem confirmar a idade dos sapatos.

Para Veldmeijer, o fato de esses artefatos terem sido deixados no templo não é um mistério. “Não há nenhuma razão para armazená-los sem ter a intenção de fazê-los voltar para algum ponto“, revela o arqueólogo.

Veldmeijer espera ter a oportunidade de examinar os sapatos, agora sob os cuidados do Ministério de Estado para Antiguidades, em primeira mão.

Fonte: http://www.jornalciencia.com/sociedade/diversos/2490-sapatos-antigos-foram-encontrados-escondidos-em-um-templo-egipcio

Anúncios
 
 

Tags: , , ,

Deixe aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: