RSS

Festa da Dedicação

10 dez

Por pesquisadora Thássia Izabel[1]

Chanuká/ Copacabana – Rio de Janeiro

Chanuká/ Copacabana – Rio de Janeiro

Em 2012 do dia 09 ao dia 16 de Dezembro os judeus celebram a Festa das Luzes (Chanuká ou Hanukkah), também conhecida como Festa da Dedicação, já que Chanuká em hebraico significa dedicação. Uma celebração de libertação histórica, que lembra que no ano 164 a.C aconteceu o milagre da multiplicação do azeite durante oito dias e a vitória do povo judeu sob a dominação Greco-Síria.

Segundo Ausubel: “Um feito heróico realizado na Judéia, em 168 da a.E.C., os pequenos bandos insurretos de bravos judeus, sob a liderança do sacerdote Hasmoneu Matatias e de seu filho Judas Macabeu, ( “o Martelo”); derrotando os exércitos do megalomaníaco déspota selêucida, Antioco IV  ( Epifanes, “ o Deus Erguido”), depois de três anos de uma selvagem luta de guerrilha.”  

Antíoco IV (Desenho de Ralph Illgan)

Antíoco IV (Desenho de Ralph Illgan)

O interesse Greco-sirio, era obrigar o povo judeu a aceitar os costumes helênicos, proibindo a prática das leis judaicas como: ensinar a Torah, fazer circuncisão e guardar o sábado. Os dominadores ainda queriam a consagração do Templo judaico ao culto de Zeus e que lá se realizassem sacrifícios com porcos.  

É importante citar que nesse período alguns judeus aceitaram sem contestar essa aculturação e até mesmo se casaram com gregos deixando a cultura judaica. Mas um grupo grande de judeus liderados pelos Macabeus resistiu e lutou contra o exército Greco-sírio.

Quando os judeus finalmente conseguiram vencer o exército inimigo, entraram no templo notaram que o azeite para acender o candelabro (Menorah) iria durar somente um dia, porém milagrosamente o candelabro ficou acesso durante oito dias, ou seja, o tempo suficiente para se preparar um novo azeite para o castiçal sagrado, que deu nome a Festa das Luzes.

Concluído o povo Judeu durante oito dias realiza a Festa das Luzes, acendendo velas em todo o período da comemoração, comem alimentos fritos, jogam pião e dão mesadas as crianças. E desse modo os judeus festejam e recordam o milagre e a libertação ocorridos na época da revolta dos Macabeus, demonstrando assim sua dedicação para com seus costumes e tradições.    

Hanukkah

Hanukkah

[1] Thássia Izabel é graduada em História pela Faculdade Estácio de Sá e é membro do Centro de Pesquisas da Antiguidade (CPA/RJ).

 Referências Bibliográficas:

Ausubel, Nathan. Conhecimento Judaico. Rio de Janeiro: A. koogan, 1989.

Quakinin, Marc- Alain.  Symbols of  Judaism. London: Assouline, 1999.

Wrobel, Ronaldo. Nossas Festas, Celebrações Judaicas. Brasilia: Ed. Francis, 2007.

Outra fonte: http://www.cafetorah.com/portal/Hanukkah.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10/12/2012 em HISTÓRIA ANTIGA

 

Deixe aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: