RSS

Semana da Reforma

29 out

Lutero traduzindo a Bíblia no Castelo de Wartburg 1521 (óleo sobre tela – Eugene Siberdt, 1898)

Nesta semana pedimos licença à antiguidade e abrimos espaço para que o Reformista Martinho Lutero exponha suas idéias, ou seja, durante esta semana ao invés de postarmos textos produzidos por nossos pesquisadores, vamos postar frases e pequenos textos do próprio Lutero, que demonstram bem o que ele pensava sobre educação, música, ética. Enfim aqui você vai conhecer um pouco de Lutero e assim entender melhor o que foi a Reforma Protestante.

Uma pequena apresentação de nosso convidado:

Martinho Lutero (10 de Novembro de 1483 – 18 de Fevereiro de 1546).

Lutero se levantou contra o sistema dogmático da Igreja, e sua convicção o levou a fixar na porta da Catedral de Wittenberg no dia 31 de outubro de 1517, 95 teses onde demonstrava todas as suas ideias contrárias a Igreja Romana, esse dia entrou para a História, como Dia da Reforma.

Depois da Reforma Lutero casou se com Catarina Von Bora e tiveram filhos, sua morte foi aos 63 anos.

Com vocês Lutero

[…] o progresso de uma cidade não depende apenas do acúmulo de grandes tesouros, da construção de muros de fortificação, de casas bonitas, de muitos canhões e da fabricação de muitas armaduras […] o melhor e mais rico progresso para uma cidade é quando possuem muitos homens bem instruídos, muitos cidadãos ajuizados, honestos e bem educados. (Lutero, OSel, v. 5, p. 309)

Se todo mundo tivesse fé, não mais precisaríamos de lei alguma. Cada um faria boas obras por si mesmo o tempo todo, assim como a própria confiança lhe ensina. (Lutero, Ética Cristã p. 28)

Em minha opinião, nenhum pecado exterior pesa tanto sobre o mundo perante Deus. Nenhum pecado merece castigo maior do que justamente aquele que cometemos contra as crianças, quando não as educamos.

Por isso imploro a todos, meus caros senhores e amigos, por amor de Deus e da pobre juventude, que não considereis essa causa de somenos importância […]. Caros senhores, anualmente é preciso levantar grandes somas para as armas, estradas, pontes, diques e inúmeras outras obras semelhantes, para que uma cidade possa viver em paz e segurança temporal. Por que não levantar igual soma para a pobre juventude necessitada, sustentando um ou dois homens competentes como professores? (Lutero, OSel, v. 5, p. 307)

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/10/2012 em CULTURA E SOCIEDADE

 

Tags: , , ,

Deixe aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: