RSS

Educação na Mesopotâmia

02 mar

O ponto forte da educação na Mesopotâmia era a escrita cuneiforme. Como em praticamente todas as nações da Antigüidade, a tradição oral existiu e foi a base da transmissão de todo o conhecimento. Entretanto foi o desenvolvimento do primeiro sistema prático de escrita nas primeiras cidades da Mesopotâmia que alavancou a civilização daquela época, refletindo no progresso econômico, intelectual e cultural do homem.

Placa com assentamentos de contabilidade em cuneiforme, 1980 a.C.

Esta foi, inclusive, uma marca registrada na mesopotâmia, o pioneirismo; as invenções e os projetos que começam a interferir no curso de seu tempo. Um bom exemplo é o da cerâmica, que passou também a ser utilizada no aprimoramento das habitações, com detalhes em pinturas leves.

Cerâmica encontrada em um túmulo próximo a Nínive - período Ubaid (4000 - 3500 a.E.C.)

Um dado interessante diz respeito à invenção e aperfeiçoamento da escrita tendo ocorrido dentro do templo, por meio da casta sacerdotal. Como é quase unânime na Antiguidade, a leitura e a escrita (compondo o processo ensino-aprendizagem) dão seus primeiros passos por meio dos sacerdotes. Ao lado dos mesmos, encontramos os artistas, artesãos, camponeses e escribas. [1]

Mestre-escriba de uma escola sumeriana

A escrita cuneiforme adquiriu tamanha importância que deu ao escriba o status de profissional qualificado: para que se pudesse desempenhar o ofício de um escriba, deveria-se passar um longo tempo na chamada edubba, que era o local destinado à educação e ao treinamento dos escribas. Existiu uma parábola babilônica que dizia: “A escrita é a mãe da eloquência e o pai dos artistas”. [2]

O escriba em formação frequentava a escola desde o início da juventude até a idade adulta. Outro estudo de grande interesse na Mesopotâmia era o da adivinhação, que consistia em ler a vontade dos deuses e predizer o futuro, interpretando os augúrios. [3]

Rei de Lagash, Gudea, um protetor das letras, terceiro milênio a.C.

Um dos alicerces do ensino na Mesopotâmia era a literatura. Poemas e um vasto conjunto de obras literárias eram compostos, e recebiam dos escribas especial atenção. Havia também, um segmento da literatura pautado em provérbios e ditos populares, além de sua significativa contribuição para o direito: vários códigos visando ordem e conduta foram criados. O Código de Hammurabi é um dos conhecidos exemplos.

Henry C. Rawlinson, decifrou inscrições em cuneiforme na rocha de Behistun no século XIX

Não se pode negar a imensa contribuição que a Mesopotâmia, dentre as várias civilizações antigas, prestou com a invenção da escrita, satisfazendo uma necessidade de registros já solicitada pelo povo da época. Um caminho necessário e inevitável.

 

[1] (Klabin,2004) Nesta publicação a autora ressalta a formação de camadas sociais e seus destaques na sociedade, a partir do desenvolvimento da escrita e do conseqüente processo ensino-aprendizagem daquela época.

[2] (Kramer, 1967) Nesta obra o autor deixa nítida a relevância do papel do escriba numa civilização que já é conhecida pelo franco desenvolvimento; o que deu a este ofício maior importância do que em outras civilizações.

 [3] augúrios são processos advinhatórios geralmente oriundos da observação de fenômenos da natureza.

 

Referências Bibliográficas:

KRAMER, Samuel Noah.  Mesopotâmia- o berço da civilização. Rio de Janeiro, José Olympio Editora, 1967.

MANCINI, Ana Paula Gomes et alli. História da Educação. São Paulo, AVERCAMP Editora, 2006.

KLABIN, Aracy Augusta Leme. História Geral do Direito. São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2004.

Anúncios
 

Tags: ,

3 Respostas para “Educação na Mesopotâmia

  1. alex

    04/04/2012 at 4:47 PM

    gostaria que fizessem uma pesquisa sobre a educacao na babilônia>>>>

     
  2. Edilson S. Vieira

    25/07/2010 at 7:12 AM

    Gostei do artigo, mas ressalvo que deveriam postar o nome do autor.

     
  3. monique

    23/06/2010 at 2:46 PM

    quem é o autor deste artigo, vou fazer uma referência.
    aguardo retorno,
    obrigada.

     

Deixe aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: