RSS

A História da Educação na Antiguidade

30 nov

                                                                                                                                        Por pesquisadora convidada Valéria Albuquerque

Não podemos falar da Educação sem antes remontar os aspectos que envolvem a origem da ação de educar, centrada na pedagogia. E da teoria crítica da educação, isto é, da ação do homem quando transmite ou modifica a herança cultural. A educação não é um fenômeno neutro, mas sofre os efeitos da ideologia, por estar de fato envolvida na política.

Falar do início de práticas ou manifestações educacionais verificadas na antiguidade é falar dos gregos. A Grécia Clássica pode ser considerada o berço da pedagogia. A palavra paidagogos significa aquele que conduz a criança, no caso o escravo que acompanha a criança à escola. Com o tempo, o sentido se amplia para designar toda a teoria da educação.

De modo geral, a educação grega está constantemente centrada na formação integral, corpo e espírito, mesmo que de fato, a ênfase se deslocasse ora mais para o preparo esportivo ora para o debate intelectual, conforme a época ou lugar.

Nos primeiros tempos, quando não existia a escrita, a educação é ministrada pela própria família, conforme a tradição religiosa. As famílias gregas mais abastadas e conseqüentemente mais poderosas entregavam seus filhos a tutores, que eram responsáveis pelo ensino da oratória, do cálculo, da filosofia, da poesia. Enquanto as meninas recebiam educação apenas de suas mães, e aprendiam somente as lições do lar, para que se tornassem boas mães e esposas.

Apenas com o advento das poleis (πολεις)[1] começaram a aparecer as primeiras escolas, visando atender a demanda. As explicações predominantemente religiosas foram substituídas pelo uso da razão autônoma, da inteligência crítica e pela atuação da personalidade livre, capaz de estabelecer uma lei humana e não mais divina. Surge a necessidade de elaborar teoricamente o ideal da formação, não do herói, submetido ao destino, mas do cidadão.

O cidadão não será mais o depositário do saber da comunidade, mas aquele que elabora a cultura da cidade, e ele não está mais preso ao passado, mas é capaz de projetar o futuro. Assim nasceu a Paidéia, termo criado por volta do século V a.C. que significava inicialmente apenas: criação dos meninos (pais, paidós, “criança”).

Podemos concluir que os gregos, com a elaboração de práticas educacionais e ao discutirem os fins da Paidéia, esboçaram as primeiras linhas conscientes da ação pedagógica.

Antiguidade Clássica Grega

 

[1] Era o modelo das antigas cidades gregas com uma comunidade organizada formada por cidadãos.

Referência Bibliográfica:

ARANHA, Maria Lúcia. História da Educação. 2. Ed. rev. e atual. São Paulo: Moderna, 1996.

Valéria Albuquerque da Silva é graduada em Pedagogia pelas Faculdades Integradas Simonsen e Pós-Graduada em Gestão de Pessoas.

About these ads
 

Tags: , , , ,

4 Respostas para “A História da Educação na Antiguidade

  1. Jhony Lucas

    05/07/2013 at 1:40 PM

    Muito bom mesmo!

     
  2. Cleonice Moura

    24/06/2013 at 8:45 PM

    muito bom trabalho. Valeu.

     
  3. Patrick

    06/11/2012 at 9:05 PM

    Valeu pela ajuda precisava muito disso.

     
  4. vilma

    22/01/2011 at 10:51 AM

    Graça e Paz
    Quero agradecer pelos estudos e por todo conteúdo, sempre que entro no site, sou abençoada, os estudos me ajudam a entender um pouco mais da história.
    Deus abençoe.

     

Deixe aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 55 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: